TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Anastasia: nome de Minas para Presidência


Quando a situação é grave, é hora de ouvir Minas. Esta foi uma tradição da política mineira que aos poucos se perdeu no tempo. No período , chegou mesmo a ser uma estratégia política, colocar no ostracismo lideranças importantes do estado. Mas a redemocratização acabou moldada pelas mãos do mineiro Tancredo Neves e, em outro momento grave da vida nacional, estava lá outro mineiro, Itamar Franco que, mesmo com seu jeito pouco mineiro de fazer político, conseguiu unir o país pós Collor e dar rumos que pareciam definitivos à nossa economia. Pareciam, mais cuidaram de derrubar os pilares desta nova economia. Como também é de nossa tradição, vivemos um outro período de crise. E novamente por ausência de liderança de expressão, que tenha o respeito de seus pares e que possa se colocar diante do eleitor sem medos de questionamentos quanto sua competência e seriedade. Pois é novamente tempo de se ouvir Minas . As crises, garantem os economistas, geram as oportunidades. Se esta é uma verdade econômica, ela se aplica também à política. Serviu para tornar conhecido do Brasil o senador mineiro Antonio Anastasia, relator no processo de impeachment da presidente Dilma. O ex governador de Minas mostrou, no desempenho da relatoria todas as características de um líder, como tantos que Minas produziu e ofereceu ao país. Sóbrio, produziu peças isentas, com consistência jurídica, sem pirotecnias políticas. Pareceres que, em sua essência a defesa, técnica e política, da presidente não conseguiu atacar, apenas criticar de forma periférica. O professor Anastasia, como aliás gosta de ser chamado, se mostrou, ainda em sua primeira metade do primeiro mandato de senador, a mesma competência que mostrou como governador de Minas. Passa a ser um nome de Minas para a presidência da República. Uma alternativa aos nomes que já se apresentaram e que, sem entrar no mérito de suas qualidades e defeitos, estão desgastados não têm a credibilidade popular.

Tags

Publicidade

Your Ad Here

Comentários

comentários

Newsletter

Tags