TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Coragem para as reformas


Fernando Henrique, quando ministro da Fazenda de Itamar Franco, e depois como presidente da República, promoveu reformas profundas  na economia que permitiram ao país dar um salto, com ele e, principalmente com Lula. Hoje, no entanto, Fernando Henrique confidencia a amigos que se dedicou muito à economia deixando de lado o debate das ideias, necessário para a realização das reformas que são indispensáveis para dar uma nova estrutura política e econômica do Brasil, deixando-o em condições de ter um crescimento sustentável. Reformas como a trabalhista, a previdenciária, a fiscal e, especialmente a política, não serão feitas sem que comandadas por alguém que tenha liderança e disposição para enfrentar todos os grupos de interesse. Sarney, que assumiu com a morte de Tancredo, teve a grande oportunidade com a  Constituinte. Não teve coragem. Collor veio depois nos ombros do povo, com a força das ruas para mudar o que bem entendesse. Preferiu se juntar a PC Farias para fazer o que, hoje, diante do Petrolão, pode ser definido como coisa de punguista. Aí veio Itamar, que as reformas econômicas, promovidas por ele e FHC, o colocaram como líder nacional que, no entanto,preferiu se encolher. Fernando Henrique e Lula foram líderes saídos das urnas, com sustentação popular para mudar. O primeiro, na área política, cuidou apenas de aprovar do instituto da reeleição. Lula apenas cuidou de um projeto megalômano de poder por vinte anos. Dilma não tinha mesmo liderança para fazer nada. Temer, por enquanto interino, tem a seu favor, virando titular, o amplo domínio de como se move o Legislativo. Conhece como as coisas são feitas e, vantagem adicional, terá a parceria do recém-eleito presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia nos próximos meses. Temer tem tido a coragem, a ousadia até, de mesmo interino, anunciar que seu governo tomará as medidas necessárias para recolocar o país no rumo, mesmo sendo amargos os remédios para isto. Se avançar mesmo, e souber dialogar direto com o povo, pode cumprir o que anda prometendo. Tem cacife para isto.

Tags

Publicidade

Your Ad Here

Comentários

comentários

Newsletter

Tags