TOPO - BIOCOR
Topo pequeno - Viver Brasil
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Em Brasília, a aposta é que a ministra Cármen Lúcia declare suspeição em processos de Lula


Para alguns advogados de Brasília que atuam no Supremo Tribunal Federal, é quase certo que a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia (foto), se declare suspeita e, assim, não atue em processos que tenham como réu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo eles, a ministra é muito amiga de Sepúlveda Pertence, que nesta semana passou a integrar a defesa de Lula. Lembram os advogados que, em pelos menos duas situações, a presidente do STF se retirou de processos em que Sepúlveda Pertence atuava como advogado de defesa. Citam como exemplo, uma ação envolvendo a Associação Brasileira de Geração de Energia Limpa contra a Agência Nacional de Energia Elétrica. Para reforçar a tese, lembram, ainda, os advogados que quando da escolha da ministra Cármen Lúcia para o Supremo Tribunal Federal, a preferida do então presidente Lula para o cargo era a tributarista mineira Misabel Derzi. E foi justamente Sepúlveda Pertence quem convenceu Lula a mudar de ideia e dar o lugar para a ministra Cármen Lúcia.

Tags

Publicidade

INSTITUCIONAL VIVER BRASIL POSIÇÃO 16

Comentários

comentários

Newsletter

Tags