TOPO - BIOCOR
Topo pequeno - Viver Brasil
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Empresa do grupo JBS vai pagar multa de R$ 12 milhões por explorar funcionários


A Vara do Trabalho de Mafra, no norte de Santa Catarina, condenou o frigorífico Macedo Agroindustrial, do grupo JBS, a pagar uma indenização de R$ 12 milhões por dano moral coletivo. Segundo a Justiça do Trabalho, a empresa exigia jornadas excessivas, além de outras irregularidades. O frigorífico é localizado em Itaiópolis, na mesma região. A decisão foi divulgada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-SC) nessa terça. De acordo com a Justiça do Trabalho, a empresa não computava adequadamente o tempo dos trabalhadores em relação ao tempo de troca de uniforme, da espera pelo transporte e do trajeto até o frigorífico. Também havia irregularidades em relação à compensação de horas de trabalho para evitar o pagamento de horas extras. Por isso, a sentença, além do valor de indenização, obriga a empresa a ajustar a jornada dos empregados à lei e pagar as horas extras aos trabalhadores prejudicados. “A empregadora, durante anos, impôs a prática de jornada de trabalho excessiva a um grande contingente de pessoas de baixa renda e em atividade sabidamente repetitiva e lesiva à saúde”, afirmou o juiz do Trabalho Jose Eduardo Alcantara (foto) na decisão. A sentença é resultado de uma ação civil pública de junho de 2016 do MPT-SC. Conforme o órgão, a Vara do Trabalho de Mafra recebeu centenas de ações judiciais sobre as mesmas irregularidades. Em conjunto com o MPT-SC e o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), a Justiça do Trabalho vai decidir a destinação do valor arrecadado com a condenação. De acordo com a sentença, ele será usado em ações de impacto social na região do frigorífico. Com informações do G1.

Tags

Publicidade

INSTITUCIONAL VIVER BRASIL POSIÇÃO 16

Comentários

comentários

Newsletter

Tags