TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Jogo Aberto


*Os prefeitos apertam o cerco político na busca de uma solução para o repasse de R$ 9,7 bilhões aos municípios, recursos que o Governo do Estado vem retendo, alegando dificuldades financeiras. No início desta tarde o presidente da Associação Mineira dos Municípios, Julvan Lacerda (foto), junto com alguns diretores da entidade, se reúne com o governador eleito, Romeu Zema, para discutir o assunto. Depois Julvan e os outros prefeitos que comandam a entidade, vão ao Ministério Público Estadual para uma reunião com o procurador-geral, Darcy de Souza Filho, para discutir o atraso dos repasses em busca de uma solução legal para o assunto.

 

*Frustração em Minas. O anúncio do nome da deputada Tereza Cristina (DEM-MS) para ministra da Agricultura sepultou de vez as especulações sobre uma possível indicação para o cargo de Marcos Montes (PSD), que foi vice na chapa de Antonio Anastasia ao governo de Minas. Nas redes sociais as especulações eram de que Marcos Montes seria indicado por integrantes da bancada ruralista para o cargo.

 

*O diretor-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, recebeu o prêmio de CEO do Ano na 24ª edição do BRAVO Business Awards, em Miami, promovido pelo Americas Society/Council of the Americas. O reconhecimento é resultado das conquistas do executivo em seu primeiro ano de gestão. 

 

*Aproximadamente 80% dos produtos já são identificados no Brasil pelo código de barras, informou o presidente da Associação Brasileira de Automação – GS1 Brasil, João Carlos Oliveira, que presidiu a solenidade da entrega do Prêmio Automação 2018, realizada em São Paulo.

 

*O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nessa quinta-feira sua primeira estimativa para a safra de cereais, leguminosas e oleaginosas de 2019. Segundo o prognóstico, a safra deverá ser 0,2% menor que a 2018, que deve ter uma queda de 5,6% em relação a 2017. Em números absolutos, espera-se que a produção em 2019 chegue a 226,7 milhões de toneladas, abaixo das 227,2 milhões de toneladas previstas para 2018.

 

*Apesar da lenta recuperação da economia no país e do ambiente de incertezas, a maior parte dos brasileiros pretende manter a tradição e ir às compras neste Natal. É o que revela pesquisa realizada em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). As projeções permanecem no mesmo patamar do último ano e indicam uma injeção de aproximadamente R$ 53,5 bilhões na economia. A expectativa é que mais de 110,1 milhões de consumidores presenteiem alguém no Natal de 2018. 

Tags

Publicidade

Your Ad Here

Comentários

comentários

Newsletter

Tags