TOPO - BIOCOR
Topo pequeno
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Jornalista retrata em livro história de superação de seu filho diagnosticado com leucemia


Jornalista-Retrata-Cris-Miranda-575

Quando recebeu a confirmação do diagnóstico da doença de seu filho Caio, de apenas 11 anos, a jornalista mineira Cris Miranda (foto), achou que um abismo tinha aberto embaixo de seus pés. Mas precisava manter-se forte para dar a notícia ao filho. Depois de passado o susto, a jornalista encarou a doença com muita fé e uma atitude positiva diante dos fatos. Essa história de superação será retratada no livro “Mamãe Coragem” com lançamento em novembro. “Resolvi escrever o livro para contar a nossa história, como foi receber a notícia da leucemia. E também para que as pessoas saibam que o câncer precisa ser falado sem tanto estigma. Claro que é uma doença grave, mas não precisa ser tão estigmatizada. As pessoas têm medo só em falar o nome câncer”, revela. Na obra, a jornalista conta como descobriu a doença, como foi o início do tratamento e como a sua fé em Deus fez mudar completamente essa história. “Meu filho sempre foi uma criança saudável. Tomou todas as vacinas, nunca teve problemas ao longo de sua infância e, de repente, aparece com uma leucemia grave. Usei a minha fé como a minha sustentação. Eu precisava ficar forte, acreditar que aquilo seria apenas um tratamento para curar uma doença. Nunca pensei na leucemia como sentença de morte, mas sim que tudo seria possível”, diz Cris Miranda. Para colocar em prática o livro, a jornalista Cris Miranda aderiu ao financiamento coletivo, que é basicamente uma ação para captação de recursos para o desenvolvimento de um projeto, por meio de diversas fontes de financiamento. “O financiamento coletivo, ou crowdfunding, ganhou impulso no Brasil há pelo menos dois anos. É uma maneira de colocar o projeto em prática, mesmo quando não há recursos. Esse modelo abre possibilidades para trabalhos interessantes, além de revelar talentos”, informa Eduardo Ferrari, da Scrittore Editora, responsável pela publicação dos livros “Mamãe Coragem”, “Vou Ser Pai. E Agora?”, “Beagá pra brincar”, “Manual da Boa Mãe” e “Diário da mãe da Alice”.  Os apoiadores da campanha para a publicação do livro “Mamãe Coragem”, além de garantir exemplares, poderão ter recompensas como ter o livro autografado pela autora e palestra do oncologista infantil Joaquim Caetano de Aguirre Neto, chefe da Oncologia Infantil da Santa Casa BH.  Já para empresas que queiram apoiar o projeto, tem a opção de cota empresarial com um pacote de 20 livros, 10 convites para a palestra e divulgação institucional de suas marcas.

Tags

Publicidade

INSTITUCIONAL VIVER BRASIL POSIÇÃO 16

Comentários

comentários

Newsletter

Tags