TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Márcio Lacerda faz sugestão


Quando lançada pelo prefeito Marcio Lacerda, de Belo Horizonte, ela pareceu meio esdrúxula, sem fundamento e inviável politicamente mas, com o passar do tempo, e olha que num tempo muito curto, a proposta da presidente Dilma se desfiliar do PT e buscar um grande entendimento nacional vai se transformando numa alternativa bem interessante, se não for a única, de ela conseguir governar. Isto se ela superar a ameaça do impeachment o que não se mostra tão difícil, considerando-se a apatia do povo que, mesmo favorável, mostram as pesquisas, não se manifesta de forma explícita, fazendo pressão nas ruas.Também a cassação via TSE tem pouca probabilidade. Aliás, o apoio do Governo Dilma no Judiciário é maior e mais confiável do que o apoio dela no Congresso. Então, considerando estas variáveis e mais o fato do governo estar conversando no ouvido certo dos parlamentares que sabe aceitar a conversa, é bom a presidente se preparar para enfrentar o restante de seu mandato com alguma dignidade e sem sustos maiores. É aí que entra a necessidade de busca de construção de um apoio real. Não dá para esquecer que 2016 é ano de disputa municipal, uma eleição fundamental para que a maioria dos congressistas, preparem a sua própria eleição em 2018. E para vencer esta guerra, pressionam os governos estaduais e a União em busca de benefício para suas bases. Também não mudam de roupa para trocar de lado, passarem de amigos desde a infância a inimigos da presidente. Abandonam o barro sem qualquer cerimônia, caso ele faça mais água do que já tem feito. Por isso é bom que a presidente se liberte de correntes que possam impedi-la de buscar apoios mais leais onde eles possam existir. Amarrada a uma legenda, ficará mais difícil de cumprir a única tarefa que lhe resta agora: levar o mandato até o final sem afundar mais o país. Não adianta sonhar ou prometer o paraíso. O tempo que resta à presidente, mostra a experiência, é suficiente apenas para conter, de forma sustentável, o retrocesso. Sem pretensões de avanços.

Tags

Publicidade

Your Ad Here

Comentários

comentários

Newsletter

Tags