TOPO - BIOCOR
Topo pequeno - Viver Brasil
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

O pragmatismo eleitoral que desmoraliza a política


A questão pode ser vista com dois diferentes olhares, dependendo de sua boa fé. Pode ser enxergada como o enterro definitivo do pudor político ou como um rasgo de coragem e transparência, na certeza de que o eleitor não se preocupa com o que corre nos bastidores da política. Não há outra forma de se buscar a compreensão do comportamento do PMDB mineiro que, em carta ao presidente nacional do partido, pediu liberdade para coligar com o PT, em Minas, pela chance de assim, eleger um maior número de parlamentares federais. Querem continuar na “garupa” do governador Pimentel, não por possíveis avanços que o governo dele possa ter alcançado, mas por pragmatismo eleitoral. Coligações eleitorais, formais ou informais, são legítimas, desde que formadas pelo comprometimento de todos com um programa de ações de governo. Coligações que visam apenas buscar um espaço, que sozinha a legenda não conseguiria, são uma excrescência política que sempre termina mal. O poder fascina e corrompe. Não é por outro motivo que nossos partidos têm vida curta. PMDB, PSDB e PT são bons exemplos disso. Mas se somos assim, se é com isto que temos para ir adiante, que assim se faça. O Brasil não pode interromper a escalada de sua retomada econômica e, por isso, o governo precisa fazer logo os acertos que lhes são exigidos para avançar nas reformas. Temer, por ter vivido tantos anos entre eles, conhece a alma do Congresso e sabe que, sem negociar, sem dividir o Poder, entregando cargos, mesmo que de menor expressão, não vai adiante. E ele precisa avançar. Fazer as reformas que possam marcar sua presença no Poder, abrindo-lhe a porta da frente da história. Que ninguém o culpe pelas negociatas. Sem elas, por culpa de nossas escolhas no voto, ninguém governa. Arrumar a base é, como ensinava o ex governador de Minas, Hélio Garcia, como arrumar caminhão de porco. Quando se vai colocando os porcos no caminhão, eles aprontam a maior gritaria. Quando o caminhão começa a andar, cada um arruma seu cantinho e faz a viagem tranquilo e em silêncio. Entendam os cantinhos como benefícios.

Tags

Publicidade

INSTITUCIONAL VIVER BRASIL POSIÇÃO 16

Comentários

comentários

Newsletter

Tags