TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Pegou mal


Repercutiu mal em todo o país, em particular em Minas, a decisão da Petrobras de retirar das usinas geradoras de energia elétrica os nomes de intelectuais e políticos com biografias relacionadas ao pensamento de esquerda e ao nacionalismo. Sobrou até para o mineiro Aureliano Chaves que de esquerda não tinha nada, mas era, sim, um grande nacionalista. Ironicamente, Aureliano no governo de Itamar Franco, empenhou-se na defesa do monopólio estatal do petróleo e da Petrobras como sua executora exclusiva. Recentemente, ele foi lembrado pelo general Hamilton Mourão, ao ser eleito vice do presidente na chapa de Jair Bolsonaro. À época, Mourão (foto) disse que no governo seria uma mistura de Marco Maciel e Aureliano Chaves. Para Mourão, enquanto Maciel era uma pessoa extremamente discreta, “Aureliano era um um político hábil. É um bom exemplo de vice-presidente”. Em tempo: a usina que tinha o nome de “Aureliano Chaves” passa a se chamar Ibirité.

Tags

Publicidade

BH AIRPORT

Comentários

comentários

Newsletter

Tags