TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Prefeitos temem pela manutenção de serviços


Prefeitos de municípios mineradores temem perder recursos importantes para manutenção da prestação de serviços nas áreas de saúde, educação e de outras áreas, após a decisão da Vale de suspender as atividades no estado para implantar um sistema mais seguro de captação dos rejeitos. O presidente da Associação Mineira dos Municípios Mineradores (Amig), prefeito de Nova Lima, Vítor Penido (foto), acredita que sem esses recursos será muito difícil manter a qualidade dos serviços. Ontem, ele reuniu prefeitos das cidades mineradoras para discutir o que eles podem fazer para contornar esse problema.

 

Governo perde R$ 220 milhões com suspensão dos trabalhos da Vale

Pelas contas de técnicos do Estado, a suspensão das atividades da Vale vai representar a diminuição de cerca de 30% da arrecadação de tributos estaduais no setor de mineração. A estimativa da Secretaria de Estado de Fazenda é que o impacto anual seja de, aproximadamente, R$ 220 milhões. Já em relação à Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) – que é administrada pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) –, a redução anual será de cerca de R$ 79 milhões. Esse cálculo não leva em consideração os efeitos indiretos na cadeia produtiva do setor. A Vale decidiu fechar todas as barragens de rejeitos de mineração construídas nos mesmos moldes da que rompeu em Brumadinho.

Tags

Publicidade

Your Ad Here

Comentários

comentários

Newsletter

Tags