TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Sem reações extremas


Quando assumir a presidência da Câmara na terça-feira, o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), pretende usar a cautela como conselheira. Por isso, caso o Ministério Público Federal envie a denúncia contra o presidente Michel Temer para a Casa, ele não pretende tomar nenhuma decisão precipitada e avisa que enquanto estiver na interinidade vai consultar sempre Rodrigo Maia, que vai assumir a presidência da República com a viagem de Temer para a Rússia e à Noruega. A previsão é a de que Temer retorne na sexta-feira.

 

Um alívio na interinidade

A interinidade de Ramalho (foto) como presidente da Câmara dos Deputados deverá ser menos tensa do que ele esperava. É que ontem, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, adiou a entrega da denúncia contra Temer e o seu ex-assessor, o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) ao Supremo Tribunal Federal (STF). A apresentação da denúncia que era esperada para a segunda-feira (19), será feita por volta do dia 26.A mudança da data foi motivada pela decisão do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, de conceder mais cinco dias de prazo à Polícia Federal para a conclusão do inquérito sobre as delações dos executivos do grupo JBS. A PGR aguarda a documentação para finalizar a acusação formal contra os peemedebistas.

Tags

Publicidade

Your Ad Here

Comentários

comentários

Newsletter

Tags