TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Um abril como não se via há nove anos


As vendas no varejo do Brasil surpreenderam e registraram a maior alta para abril em nove anos, com forte impulso dos setores de supermercados e vestuário e destacando a trajetória irregular da recuperação da economia. As vendas subiram 1% em abril na comparação com março e 1,9 por cento sobre um ano antes, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), desempenhos muito melhores do que o esperado em pesquisas, que indicavam recuo de 0,55 e 1,30%, respectivamente. O resultado mensal foi o mais forte para abril desde 2008, quando as vendas também subiram 1%, e o setor quase recuperou a perda de 1,2 por cento vista em março, em número revisado pelo IBGE após informar antes perda de 1,9 por cento. “A recuperação na confiança do consumidor, o rápido declínio nos preços dos alimentos e na inflação geral, que estão sustentando o crescimento da renda real, e a queda das taxas de juros devem começar a sustentar o consumo privado e a atividade varejista”, disse em nota o diretor de pesquisa econômica do Goldman Sachs, Alberto Ramos (foto). A principal influência positiva veio das vendas no setor de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, que tem peso importante no consumo das famílias, com alta de 0,9 por cento sobre março. “Supermercados refletem a inflação mais baixa, o que ajuda no poder de compra das pessoas. Tem também efeito positivo da liberação do FGTS de contas inativas, que tem impacto no consumo”, explicou a coordenadora da pesquisa, Isabella Nunes.

Tags

Publicidade

Your Ad Here

Comentários

comentários

Newsletter

Tags