TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Você pode não ter reconhecido


“Quem esperar que o diabo ande pelo mundo com chifres será sempre sua presa” A frase é do filósofo alemão Arthur Schopenhauser, que viveu no século XIX, e se aplica, como uma luva ao Brasil de hoje. Basta ver o que saiu das urnas de outubro do ano passado. Muita gente acreditou que, só por não portar chifres, seu escolhido não era demoníaco. Não falo apenas em maldade, em desonestidade. Falo do diabo do discurso fácil. Do despreparado que se julga capaz de mudar o mundo com tapas na mesa e fala solta nas tribunas. Dos que não têm a menor noção do que sejam os reais problemas do país e que ficam a discutir sobre o sexo dos anjos, com propostas absurdas, como a da deputada que defende a proibição dos deputados se tratarem de Vossa Excelência. Com certeza acredita que isto é a solução de todos os nossos males. Ou da outra que propõe impedir que se trate de vários temas nas escolas, inclusive sobre sexo, esquecendo-se de que o Brasil tem uma das maiores taxas mundiais de gravidez na adolescência e de que a internet está aí, nas mãos dos jovens, para tratar de forma leviana tudo o que nos recusamos a abordar nas escolas. Tem aí muito diabo do chifre escondido com mandato, a ditar regras sobre a quadratura do círculo. Decepcionante, mas em pouco mais de um mês de mandato dos ungidos pelas urnas, já é perfeitamente possível perceber que, novamente erramos nas escolhas. A tal da nova política nada mais é, ou tem se mostrado, a velha política com máscaras de má qualidade. Claro que ser pessimista não ajuda em nada, mas ser desmedidamente otimista não só não ajuda, como atrapalha. E muito. Claro que do tsunami das urnas saiu algo de bom. Não devemos tratar a mediocridade como unanimidade embora ela seja, sem dúvida, dominante. Mas é isto que temos, é com isto que vamos pelos próximos anos. É com isto que teremos que fazer as reformas necessárias ao país. Tomara que elas aconteçam com a qualidade necessária. Mas nada indica isto. É que se faltam comandados, faltam também líderes com bom senso e equilíbrio.

Tags

Publicidade

Your Ad Here

Comentários

comentários

Newsletter

Tags