TOPO #01 - BIOCOR
TOP PEQUENO #02 - VIVER BRASIL
Página inicial - Blog do PCO Paulo César Oliveira

Jogo Aberto


*O governo irá tratar das alterações para a aposentadoria de militares num projeto único, afirmou nessa segunda-feira o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho (foto), destacando que o envio do texto ao Congresso deve ocorrer em 20 de março, conforme prometido anteriormente. “É um projeto só”, afirmou ele a jornalistas, após reunião de quase duas horas no Ministério da Defesa com o titular da pasta, general Fernando Azevedo e Silva. “É projeto que trata de cinco leis diferentes, por isso que houve essa confusão sobre a questão de fatiamento. Então existem remissões, existem necessidades de ajustes paramétricos, cálculos atuariais, adequação da lei. Por isso que nós inclusive fizemos um cronograma desde o início e estamos respeitando”, acrescentou.

 

*O ministro da Economia, Paulo Guedes, se reuniu no início da noite de ontem com a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do TSE, Rosa Weber. Segundo o Tribunal, na reunião, foi discutido o projeto de Identidade Digital Nacional. Também participaram do encontro o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Floriano Peixoto, e o Procurador-Geral da Fazenda Nacional, José Levi. No início de janeiro, o governo federal retomou iniciativas passadas para criar uma base digital que unifique documentos diversos como Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e Certificado de Reservista. Um grupo de trabalho (GT) para efetivar a adoção do documento único foi criado reunindo os ministros Sergio Moro, Marcos Pontes, da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, além da equipe econômica. Em 2018, o projeto piloto do documento único foi lançado pelo governo federal e pelo TSE, que fornecerá a base de dados da biometria dos eleitores para compor o banco de informações, que também contará com dados do governo federal e do Poder Judiciário.

 

*Um avião que viajava da Arábia Saudita para a Malásia no final de semana foi obrigado a dar meia-volta para buscar um passageiro que ficou para trás: um bebê esquecido por sua mãe no Aeroporto Internacional Rei Abdul Aziz, em Jeddah. O piloto explicou o que aconteceu, dizendo que a mãe avisou sobre a criança esquecida a um membro da tripulação. “Que Deus esteja conosco. Podemos voltar ou o que?”, ele pergunta. O operador então consulta um colega sobre o protocolo a seguir: “Este voo está requisitando autorização para voltar… uma passageira esqueceu seu bebê na área de espera, pobrezinho”. O piloto teve que confirmar mais vezes a razão do retorno ao aeroporto para receber a autorização de pouso. “Ok, dirija-se de volta ao portão. Essa é uma completa novidade para nós!”, admite o controlador.

Tags

Publicidade

BH AIRPORT

Comentários

comentários

Newsletter

Tags