Logo
Blog do PCO

Gilmar Mendes critica PT e composição do STF

Os brasileiros já se acostumaram com a verborragia do ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, e do questionável nível dos ministros que compõe a Suprema Corte. De Portugal, Gilmar Mendes colocou mais lenha na fogueira, provocou os colegas e criticou a ordem de prisão contra Lula. Por outro lado, pondera que o PT está sendo vítima da sua própria obra, o que é raro, segundo ele. “A única coisa que me conforta nisso tudo é que toda essa crise que estamos vivendo é fruto de uma desinstitucionalização criada pelo PT”. Para Gilmar Mendes, Lula está sendo vítima de sua própria obra, ao ter feito, entre outras coisas, más indicações para o Supremo. “Foram péssimas indicações para o Supremo. Pessoas que não tinham formação, não tinham pedigree. Privilegiou-se a escolha de pessoas ligadas aos movimentos LGBT, ao MST, de causas, de grupo afro, sem respeitar a institucionalização do País, por ser amigo de algum político”.

 

Bagunça

Essa má formação com ministros, de acordo com ele, sem perfil, sem compromisso histórico, sem conhecimento da máquina “gera essa bagunça que está aí. Fizemos um experimentalismo maluco e o resultado está aí”. Gilmar Mendes (foto) disse “que fica com vergonha de estar vivendo um momento de totalitarismo policial, judicial. Esse decreto da prisão do Lula representa isso. Meu consolo é que isso é fruto das maquinações do PT, da intenção de venezuelar o Brasil”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *