Logo
Blog do PCO

Governadores não conseguem votar a securitização das dívidas dos estados

Representantes dos servidores vão apreensivos para a reunião agendada com o governador Fernando Pimentel para o anúncio do pagamento do 13º salário. Pimentel contava com a votação do projeto de securitização das dívidas dos estados antes do início do recesso na Câmara dos Deputados. A matéria deveria ter entrado na pauta de votação nessa quarta-feira, mas isso não aconteceu por falta de acordo. O vice-presidente da Casa, deputado Fábio Ramalho (foto) contou que   não teve acordo para aprovar o projeto porque o PP não concordou e com isso, o projeto ficou para o ano que vem.  Fabinho disse que esta matéria precisa de 257 votos favoráveis e como o governador Fernando Pimentel contava com a sua aprovação para quitar o 13º dos servidores, agora tem que ver como ele vai resolver o problema. A expectativa do governo mineiro era a de conseguir entre R$1,8 bilhão a R$ 2 bilhões com a securitização da dívida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *