Logo
Blog do PCO

Sinais no horizonte

O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Ayres Britto (foto) disse, que “o conjunto da obra” da conduta do presidente Jair Bolsonaro durante a pandemia da covid-19 pode “caracterizar crime de responsabilidade com suficiente gravidade para a decretação do impeachment”. Um grupo formado por juristas, artistas e diversos outros profissionais pediu que a Procuradoria Geral da República ofereça denúncia ao STF para que Bolsonaro seja processado criminalmente em razão do atraso de um plano concreto da Federação para vacinação da população brasileira contra a covid-19. É assim, com novas pressões sobre o presidente Jair Bolsonaro que a semana começa.

Crise em Manaus

O agravamento da pandemia no Brasil e a crise em Manaus têm aumentado o coro dos que pedem o impeachment do presidente, apesar de sua popularidade estável. Pesam contra o presidente, na avaliação de alguns deputados, as indicações recentes do uso de cloroquina para conter a crise no Amazonas e as declarações dando razão a protestos contra o fechamento do comércio em Manaus. Um perfil no Twitter inaugurou um “placar do impeachment” com base em declarações de deputados, que tem 106 a favor, 42 contra, e o restante ainda sem se pronunciar (são 342 votos necessários). O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ainda não deixou claro se pretende trabalhar por um impeachment.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *