Logo
Blog do PCO

Confiança de empresários da construção na economia cai

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção (Iceicon-MG) recuou 2,4 pontos de fevereiro (53,2 pontos) para março (50,8 pontos), após duas elevações consecutivas. Apesar da queda, o índice permaneceu acima de 50 pontos pelo sétimo mês consecutivo – valores acima de 50 pontos apontam predominância de confiança entre os empresários. O indicador aumentou 0,5 ponto frente a março de 2017 e foi o maior para o mês desde 2013, quando registrou 53,7 pontos. Em março, o Iceicon do Brasil (57,0 pontos) cresceu 0,7 ponto na comparação com fevereiro e ficou acima de 50 pontos pelo oitavo mês seguido. O economista e coordenador do Sindicato das Indústrias da Construção Civil de Minas Gerais (Sinduscon-MG), Daniel Furletti (foto), entende que a recuperação ainda lenta da economia e a instabilidade política são alguns fatores que contribuem para o arrefecimento da confiança dos empresários da construção, em especial, das suas expectativas.

  

Sobre o estudo

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção (Iceicon-MG) é uma publicação mensal preparada pela Gerência de Estudos Econômicos da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), em conjunto com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *