Logo
Blog do PCO

O Brasil precisa simplificar sistema tributário para não exportar impostos

O CEO da BRF, Pedro Parente (foto), defendeu a simplificação do sistema tributário nacional como uma das formas para melhorar a competitividade das indústrias exportadoras locais. “Sem a simplificação do sistema tributário, parte relevante dos créditos tributários não é recuperada e acabamos exportando tributos, o que é muito ruim para as exportadoras e para a competitividade brasileira”, disse Parente, ontem, no 7º Fórum Lide de Agronegócios, em Ribeirão Preto (SP). Parente cobrou também a modernização da estrutura pública para agilizar o suporte ao setor, “com mais recursos e mais gente para ter mais tempestividade”, além de uma ação comercial mais agressiva também do setor privado, como ocorre com os competidores brasileiros, de acordo com ele. “A indústria também precisa ter maior presença e efetividade na divulgação dos nossos produtos, além de uma ação de levantamento de barreiras tarifárias e não tarifárias”, avaliou. De acordo com o CEO da BRF, que até junho passado presidia a Petrobras, as negociações comerciais passam também por “chegar como velhos produtos e novos mercados”, como Japão, Coreia do Sul e Tailândia, e de novos produtos aos mercados já cativos. “Obviamente precisamos também adicionar valor aos produtos, porque senão vamos seguir apenas como exportadores de commodities”, completou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *