Logo
Blog do PCO

Usiminas registra o maior Ebitda em 12 anos

A Usiminas encerrou o quarto trimestre do ano passado com um resultado que consolida diversos recordes de desempenho alcançados em 2020. A companhia divulgou ontem os resultados do período, quando registrou um Ebitda Ajustado consolidado de R$ 1,6 bilhão contra R$ 826 milhões no trimestre anterior (3T20), uma alta de 95%. A Margem Ebitda Ajustado saltou de 18,9% no terceiro tri para 29,4% no quarto trimestre. A empresa encerrou 2020 com um Ebitda Ajustado de R$ 3,2 bilhões, o melhor resultado desde 2008. O lucro líquido ficou em R$ 1,9 bilhão no último trimestre do ano, contra R$ 198 milhões no trimestre anterior, um crescimento de 866%. No fechamento do ano de 2020, o lucro líquido atingiu R$ 1,3 bilhão, contra os R$ 377 milhões registrados em 2019, uma alta de 243%. Outros destaques do quarto trimestre foram as vendas de aço, de 1,1 milhão de toneladas, maior volume desde o 4T15, e de minério de ferro, de 8,7 milhões de toneladas no ano, recorde histórico.

Desafios e superações

O ano foi encerrado com o maior caixa anual desde 2011, com R$ 4,9 bilhões. “A Usiminas tem um longo histórico de desafios e superações. Passada a fase mais aguda da crise, quando tivemos que tomar medidas drásticas como o desligamento de dois dos nossos três altos-fornos da Usina de Ipatinga, pudemos retomar as operações do Alto-Forno 1 em agosto passado e já estamos nos preparando para religar o AF-2 no próximo mês de junho”, afirma o presidente da companhia, Sergio Leite (foto).

One thought on “Usiminas registra o maior Ebitda em 12 anos

  1. Parabéns para Sérgio Leite, presidente da Usiminas, pelo desempenho da companhia em 2020 consolidando cada vez mais a importância da mesma no cenário econômico no Brasil e no mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *