Logo
Blog do PCO

Carreiras paralelas apesar do tempo

Alguns anos de estrada separam as carreiras de Tizumba e Luiza Brina, convidados do próximo Dois na Quinta, dia 16 de julho, às 19h, na Sala Juvenal Dias do Palácio das Artes. Com uma carreira iniciada na década de 70, Tizumba (foto) se encontra com Luiza, destaque da nova cena musical brasileira, na programação musical realizada pelo BDMG Cultural em parceria com a Fundação Clóvis Salgado. Esta não é a primeira vez que os músicos sobem juntos ao palco. “Já conhecia a Luiza. Estive com ela no mesmo palco. Mas neste formato, dividindo o mesmo show, é a primeira vez”, afirma Tizumba. O multi-instrumentista conta ainda que considera este encontro muito feliz. “É uma nova geração que canta e toca muito bem. São estudiosos e sabem o que querem”, completa. Tizumba tem uma carreira dedicada à cultura afro-brasileira, com forte inspiração no congado mineiro. Já Luiza Brina vem de uma geração mais contemporânea. Integrante dos grupos Graveola e o Lixo Polifônico, Barata Voa e Coletivo A.N.A., e acompanhada por uma banda de mulheres, formada por Analu Braga (percussão) e Natália Mitre (marimba e percussão), a cantora dividirá suas experiências com este ícone da música em Minas. Os músicos interpretarão repertório autoral e dividirão o show em momentos individuais e de parceria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *