Logo
Blog do PCO

Empresas doam armas e munições para intervenção no Rio de Janeiro

A empresa Taurus e a Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) doaram 100 fuzis e 100 mil munições para a intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro. Os artigos serão repassados às secretarias estaduais de Segurança Pública e de Administração Prisional, que decidirão como os armamentos serão empregados. Por serem armas apropriadas para uso em ações mais complexas, geralmente são destinadas para uso policial e militar e emprego urbano. De acordo com Salésio Nuhs (foto), presidente da Taurus, o valor comercial dos artigos doados é estimado em R$ 1,5 milhão. “Foi uma decisão dessas duas empresas estratégicas de defesa. Nós sentimos na obrigação, como empresas brasileiras, de colaborar com o Exército nessa intervenção no Rio de Janeiro, para melhoria da segurança pública”, disse. Embora as polícias do Rio de Janeiro ainda não possuam fuzis da marca, Nuhs disse que o armamento é usado por forças de segurança em outros estados. A arma, de calibre 5,56 milímetros, foi lançada pela Taurus no meio do ano passado. A doação ocorreu durante uma cerimônia rápida com a presença do interventor federal, general Walter Braga Netto. O general Braga Netto saiu sem falar com a imprensa, mas o porta-voz do Gabinete de Intervenção Federal, coronel Roberto Itamar, descartou preocupações com a qualidade das armas doadas. No ano passado, após a Polícia Civil ter enfrentado problemas com pistolas da marca Taurus, o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) determinou a realização de uma auditoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *