Logo
Blog do PCO

Estudo indica que 10% dos brasileiros ainda insistem em fumar

Dados da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) 2014 indicam que 10,8% dos brasileiros mantém o hábito de fumar. O índice é maior entre os homens – 12,8% contra 9% entre as mulheres. Os números, divulgados nessa quinta-feira (28) pelo Ministério da Saúde, representam uma queda de 30,7% no total de fumantes no país nos últimos nove anos. Ainda de acordo com o estudo, o consumo de cigarros no Brasil é maior na faixa etária entre 45 e 54 anos (13,2%) e menor entre jovens com idade entre 18 e 24 anos (7,8%). Dados inéditos do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostram ainda que o consumo de cigarro ilegal cresceu de 2,4% em 2008 para 3,7% em 2013. O ministro da Saúde, Arthur Chioro (foto), avaliou como expressiva a redução de 30% no número de fumantes nos últimos nove anos. Segundo ainda a pesquisa, Belo Horizonte está entre as cidades em que os homens fumam mais (16%). Já as mulheres fumantes concentram-se em Porto Alegre (15,1%), São Paulo (13%) e Curitiba (15,6%). A pesquisa mostra também que 21,2% dos brasileiros se declaram ex-fumantes, sendo 25,6% dos homens e 17,5% das mulheres. É bom lembrar que o tabagismo é responsável por 200 mil mortes todos os anos no Brasil – 25% delas por angina e infarto do miocárdio, 45% por infarto agudo do miocárdio (abaixo de 65 anos) e 85% das mortes por bronquite e enfisema pulmonar. O hábito também responde por 90% dos casos de câncer de pulmão no país, sendo que, entre o restante, um terço é fumantes passivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *