Logo
Blog do PCO

Jogo Aberto

*O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso (foto) disse ontem que há uma “operação abafa” em curso no Brasil para tentar desmobilizar o combate à corrupção. Segundo Barroso, o primeiro passo dessa operação foi contra a possibilidade de restrição do foro privilegiado. Depois, conforme o ministro, como “isso se tornou uma tendência irreversível”, pois a proposta que está em andamento no Supremo já recebeu oito dos 11 votos da Corte, a estratégia da operação mudou para tentar acabar com a execução da pena após a condenação em segunda instância. Barroso defende o cumprimento da pena depois da condenação em segunda instância. “O processo vai começar no primeiro grau e não vai acabar nunca”, disse ao participar do painel sobre corrupção na Brazil Conference, conferência organizada por alunos brasileiros das universidades de Harvard e do MIT em Cambridge.

 

*Nos dois primeiros meses do ano, produtores brasileiros exportaram 124,3 mil toneladas de frutas frescas e processadas para diversos países, um aumento de 14,4% no volume exportado em relação ao mesmo período de 2017. Quando se observa o valor arrecadado com as vendas, de US$ 98,1 milhões, o crescimento foi ainda maior, cerca de 18,3% em apenas um ano. Os dados são da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), entidade que representa um total de 53 associados, entre cooperativas, empresas e grupos regionais de produtores. O maior destaque entre as frutas exportadas no período é a laranja (fresca ou seca), cujo volume vendido ao exterior aumentou 96.380%, passando de 4 mil toneladas no ano passado para mais de 3,8 milhões de toneladas embarcadas nos últimos dois meses. Morango (394%) e banana (267%) também registraram forte crescimento nas vendas, em termos de volume.

 

*O ex-ministro Jaques Wagner não foi a São Bernardo do Campo se despedir de Lula. Os dois são amigos de longa data, a ponto de o ex-presidente apelidá-lo de “galego”. A interlocutores o ex-ministro disse que, como não esperava a derrota no STF nem que Sérgio Moro decretasse a prisão de Lula com tanta rapidez, programou eventos no interior da Bahia e não teve como cancelar. Jaques é um dos cotados como plano B do PT caso Lula não pudesse ser candidato. Após virar alvo da Operação Lava Jato, no entanto, seu nome perdeu força. Ele deve disputar o Senado na chapa do atual governador Rui Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *