Logo
Blog do PCO

Jogo Aberto

*Rodrigo Maia (foto) usou o Twitter ontem para afirmar que o sistema de capitalização, que ficou de fora do relatório da reforma da Previdência, pode ser aprovado no próximo semestre. “O PDT, por exemplo, tem uma ótima proposta de capitalização, apresentada e debatida desde o período eleitoral”, disse. Ainda no Twitter, Rodrigo Maia disse acreditar que a reforma da Previdência será aprovada em julho na Câmara. “Quero reiterar, mais uma vez, que faremos a reforma da Previdência, porque ela é justa e vai ajudar a reduzir a pobreza e o desemprego no Brasil. Estou seguro que iremos aprová-la em julho na Câmara”, afirmou.

 

*Venezuelanos, haitianos e sírios, acolhidos na Arquidiocese de Belo Horizonte, serão homenageados durante programação especial no Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem, neste domingo. A Missa das 11h, presidida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte dom Otacílio Ferreira de Lacerda, terá preces no idioma dos migrantes. Logo após a Missa, será realizada quermesse com comidas típicas da Venezuela e de outros países representados na Celebração. O evento começa às 9h30, com conferência sobre as migrações na atualidade, conduzida pelo professor do curso de psicologia da PUC Minas, Henrique Galhano Balieiro.

 

*O juiz federal Marcelo Bretas, que atua na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro e é responsável pelos processos decorrentes da Operação Lava Jato no estado, publicou na tarde deste sábado (15) mensagem no Twitter na qual debate a teoria da separação de Poderes. “A teoria da separação dos poderes foi mesmo idealizada por Montesquieu? Veja o que o profeta Isaías escrevera aprox. 2.500 anos antes dele (por volta de 750 AC): ‘Porque o Senhor é o nosso juiz; o Senhor é o nosso legislador; o Senhor é o nosso rei; ele nos salvará.’ (Isaías 33:22)”, escreveu o magistrado. Com o Estadão Conteúdo. O fanatismo vai crescendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *