Logo
Blog do PCO

Jovens empresários do IEF querem repensar o Brasil

O empresário Salim Mattar inspirou a criação do Instituto de Formação de Líderes e foi um dos homenageados, na posse da nova diretoria da entidade, que passa a ser presidida por Rafael Ohana. As ideias do economista Roberto Campos, também foram lembradas, em especial a frase em que diz que há três saídas para o Brasil: “o aeroporto do Galeão, o de Cumbica e o liberalismo”. A entidade civil sem fins lucrativos ou quaisquer compromissos político-partidários, tem como principal objetivo incentivar e preparar novas lideranças, com base nos conceitos de economia de mercado e livre iniciativa. Para isso, o IFL elaborou um programa de desenvolvimento de competências de liderança que consiste na realização de eventos semanais, destinados exclusivamente a seus associados e convidados. Os eventos normalmente são conduzidos por palestrantes de renome nacional. Durante a posse, o jornalista e escritor Guilherme Fiuza autor das obras “3.000 Dias no Bunker: Um Plano na Cabeça e Um País na Mão”, “Meu Nome Não é Johnny” e “Império do Oprimido”, fez uma palestra falando da sua posição em relação ao que vem acontecendo no país e do personagem de um de seus livros, inspirado no empresário Salim Mattar (foto).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *