Logo
Blog do PCO

Liberdade de imprensa

Com voto-vista do presidente do Supremo Tribunal, ministro Luís Roberto Barroso (foto/reprodução internet), o plenário voltou a julgar ações que questionam a prática de “assédio judicial” contra jornalistas e os limites da responsabilidade civil pela publicação de matérias. Até o momento, quatro ministros – Rosa Weber (aposentada), Barroso, Zanin e Mendonça – votaram no sentido de reconhecer a existência desse tipo de “demanda predatória” contra profissionais da imprensa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *