Logo
Blog do PCO

Reza em casa

A decisão do ministro do STF, Kassio Nunes Marques, de permitir a realização de cultos e missas, independente da gravidade da pandemia foi criticada pelo ministro Marco Aurélio de Mello (foto), que se despede da Suprema Corte em julho. Marco Aurélio chamou Nunes de “novato” e disse esperar que o colega submeta a liminar a apreciação do plenário do STF. Marco Aurélio entende que “isso tem que ser feito urgentemente, já que o ato seria do colegiado, que estará reunido. Urge tranquilizar a população. Urge a segurança da população, da sociedade” e acrescentou que “o maior altar que nós temos é o nosso lar. Reze-se em casa. Temos que evitar a todo custo as aglomerações. A ficha do brasileiro ainda não caiu quanto à pandemia, em que pese o número de mortes”. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *