Logo
Blog do PCO

Sem perdão

O Procurador-Geral de Justiça de Minas, Jarbas Soares Jr (foto), avisa que “no âmbito das minhas atribuições como PGJMG, abri investigação para apurar as circunstâncias da morte da Sra. Lorenza M. S. de Pinho. Medidas e diligências foram deferidas pelo Tribunal de Justiça de MG”. Hoje serão avaliados os fatos e as provas. Ontem o promotor André Luiz Garcia Pinto foi preso na casa onde a esposa morreu na madrugada de sexta-feira, no bairro Buritis. Jarbas Soares Jr. usou a sua rede social para lamentar a morte de Lorenza “mãe de cinco filhos”. Ele também postou que “com o apoio da Polícia Civil, está adotando todas as providências necessárias ao esclarecimento desse triste fato”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *