Logo
Blog do PCO

Será que tem conserto?

A quem recorrer quando o Congresso falsifica o Orçamento e coloca a solvência do país em risco. Afinal o que querem os senhores congressistas com este ato insano e insolente? O que aí está posto na mesa cairia bem em uma peça de ficção. Com as despesas obrigatórias ignoradas, tentaram abrir uma brecha de R$27bilhões para emendas parlamentares. Para tanto fizeram cortes no abono salarial, no seguro-desemprego e na Previdência (percebam que são despesas obrigatórias que compõem o leque da rede de proteção às camadas pobres da população?). Em troca dessa aberração ofereceriam aos eleitores de cabresto estradas, pontes e ginásios superfaturados, em cujas inaugurações posariam para incrementar suas campanhas em 2022. Haja contabilidade criativa para justificar o fato de que um dos muitos problemas do Orçamento de 2021 é o desequilíbrio entre receitas e despesas, pois a arrecadação prevista não é suficiente para fazer frente aos gastos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *