Logo
Blog do PCO

Jogo Aberto

*O PT está montando uma verdadeira “operação de guerra” para tentar salvar Lula da condenação em segunda instância ou para transformá-lo em perseguido político, o que pode render a ele capacidade de, não se candidatando, bancar outro nome petista. A resolução do Diretório Nacional do PT divulgada ontem traz protesta de uma intensa movimentação da militância até o 24 de janeiro, data do julgamento do recurso no Tribunal Regional Federal em Porto Alegre. O texto aponta Lula(foto) como u coitado perseguido pelo Universo. Estranho que o partido não se preocupe em defender qualquer outro de seus membros acusados ou já condenados por corrupção. Inclusive com sua presidente, a senador Gleisi Hoffmann, acusada de corrupção. Parece que os petistas concordam com as acusações contra eles.

 

*A Confederação Nacional do Turismo é a primeira entidade patronal a mover ação no Supremo Tribunal Federal contra a reforma trabalhista. Em petição ajuizada na sexta-feira — a 11ª contra a Lei 13.467/2017 —, a CNTur critica o fim da contribuição sindical obrigatória e pede urgente decisão liminar para derrubar esse ponto da norma. O problema é que, enquanto sindicatos de trabalhadores costumavam receber a contribuição em março, a confederação ficará sem o pagamento compulsório a partir de janeiro de 2018. Segundo a autora, a falta dos recursos vai gerar “graves e irreversíveis consequências econômicas” de forma imediata.

 

*O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou em entrevista à Rádio Bandeirantes que vai vetar o projeto da Câmara Municipal para liberar a propaganda em uniformes escolares. “Será vetado. Respeito a iniciativa dos vereadores em relação a essa medida. A preocupação deles é legítima, de assegurar uniformes escolares de qualidade e a pontualidade na entrega dos uniformes, mas essa é uma obrigação da Prefeitura”, disse o tucano sobre a ideia da exploração publicitária na vestimenta dos estudantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *