Logo
Blog do PCO

Jogo Aberto

*O ministro Paulo Guedes disse à revista Crusoé que estava brincando quando chamou seu colega de ministério Gustavo Canuto de “estuprador travestido de padre”. “Eu brinco sempre com o ministro [do Desenvolvimento Regional] Canuto (foto). Ele tem aquela aparência de inocente, ou seja, de padre, só que levanta a batina e corre atrás da gente para arrombar o cofre”, afirmou o ministro da Economia.

 

*Estão abertas as inscrições para o seminário Apresentação do Passaporte Aduaneiro Internacional – ATAS Carnet e Sistema Cod Brasil promovido pela Fiemg, Confederação Nacional da Indústria (CNI), Receita Federal e o Ministério da Economia. O evento será realizado no próximo daí 9 de julho, a partir das 14h, na sede da FIEMG.

 

*O psicanalista Sérgio Laia é o próximo convidado do programa “Lacan na Academia – Conversando com a Literatura”, que acontecerá na Academia Mineira de Letras, no dia 3 de julho, às19h30. Ele ministrará a palestra “Praga do pai, indignação do filho – o que nos ensina Philip Roth”, baseada na obra Indignação, do romancista norte-americano.

 

*Vem aí a 6ª. edição do Noturno nos Museus, que será realizada no dia 5 de julho em 26 instituições da cidade, que vão funcionar em horário estendido (das 18h às 23h) com uma programação especial e quase toda gratuita. O Lugar de Criação, do programa CCBB Educativo, é um dos participantes com a oficina Ligthpainting – Desenhando com a Luz, das 19h às 21h.

 

“A arte, expressa por meio de formas ora conhecidas, ora apenas imaginadas, com desenhos que retratam elementos arquitetônicos, presentes na memória e na identidade urbana de Belo Horizonte”. Esse é o tema da exposição “Horizontes”, do artista Alexandre Menezes, que poderá ser conferida na Galeria de Arte Cemig, até 16 de agosto. Alexandre Menezes conta que a exposição consiste em um conjunto de pinturas que abordam cenas de Belo Horizonte, cidade onde nasceu e foi criado. “Por ter vivido toda a minha vida aqui, a exposição tem uma visão bastante particular de um morador sobre sua cidade natal. Essa visão explora as manchas e as linhas como principais formas de expressão”, afirma o artista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *