Logo
Blog do PCO

Jogo Aberto

*Para o empresariado anotar. “Nenhum banco tem interesse de que uma empresa quebre. Este é o pior cenário. Os bancos são os mais interessados em organizar a vida das pessoas”. Quem disse isso foi o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari (foto), na série de entrevistas ao vivo “Economia na Quarentena”, do jornal O Estado de S. Paulo.

 

 *O Senado deverá apreciar nos próximas dias o projeto conhecido como Plano Mansueto, já aprovado pela Câmara, que prevê ajuda financeira da União a estados, Distrito Federal e municípios, para o enfrentamento da pandemia da Covid-19. O projeto tem impacto fiscal de R$ 89,6 bilhões. O valor representa mais que o dobro do que o proposto pelo governo, de cerca de R$ 40 bilhões. Sua aprovação foi considerada uma derrota expressiva para o governo.

 

*Segundo o líder do governo, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), o pacote de socorro a estados e municípios deverá ser votado pela Casa em no máximo duas semanas, para que as medidas sejam implementadas no início de maio. Para Bezerra Coelho, o Senado deverá definir o valor a ser repassado para os estados e municípios, a partir de “critérios justos”. O auxílio do governo federal, ainda segundo ele, deve durar três meses.

 

*Será realizada nesta sexta-feira (17), às 14h30, mais um webinar do projeto OnCoop, promovido pelo Sistema Ocemg. Com o tema “Docampo à mesa: o desafio das cooperativas agropecuárias em épocas de crise”, o debate contará com a participação do ex-ministro da Agricultura Alysson Paolinelli, embaixador da Boa Vontade do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), e do presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras ()CB), Márcio Lopes de Freitas. O webinar tem transmissão ao vivo pelo YouTube, pelo endereço minasgerais,coop.br/webinar.can

 

 *Uma boa ideia que veio do Sul. A Rede Minha Porto Alegre e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RS) lançaram a campanha Quartos da Quarentena para serem utilizados por pessoas que trabalham em unidades de saúde e que precisam voltar para suas famílias no final do expediente, colocando-as em risco. Porto Alegre possui 18 mil quartos de hotéis e, em alguns estabelecimentos, a ocupação chega a apenas 2%. Além da ajuda a essas pessoas, a medida irá também contribuir para a sustentabilidade financeira dos hotéis, bastante afetados pelas baixas no turismo com a pandemia. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *