Logo
Blog do PCO

Cemig quer sair do negócio de fibra óptica

A Cemig informou a partes interessadas que seu braço de fibra óptica, a Cemig Telecomunicações, planeja vender seus ativos em um leilão, ao invés de vender a sua unidade Cemig Telecom. A elétrica mineira interrompeu o processo de desinvestimento de sua unidade de fibra óptica no ano passado. Neste mês, no entanto, seu conselho aprovou a integração da Cemig Telecomunicações à sua controladora. Com a medida, a Cemig tem a capacidade de vender seus ativos de fibra em leilão na bolsa brasileira B3, no qual os interessados vão apresentar suas propostas em envelopes lacrados. A decisão está sendo tratada como assunto confidencial. O leilão dos ativos evitaria uma negociação muito mais difícil para a privatização de uma unidade e representa uma oportunidade rara para as empresas do setor de telecomunicações de expandirem suas redes de fibra por meio de uma aquisição. As principais empresas de telecomunicações do Brasil estão cada vez mais buscando expandir em banda larga, conforme os mercados de telefonia móvel e TV por assinatura ficam cada vez mais saturados no país, pesando sobre a lucratividade. Entre as empresas interessadas nos ativos da Cemig Telecom, cuja rede de fibra óptica alcança 9.500 quilômetros, ao longo de cinco estados brasileiros, estão a Telefônica Brasil e a TIM Participações.. Outros concorrentes menores são a Vogel Soluções em Telecomunicações, que pertence à Patria Investimentos, a Algar Telecom e a Aloo Telecom, na qual a empresa de investimentos norte-americana Cartesian Capital possui uma fatia. Com informações da Agência Reuters.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *