Logo
Blog do PCO

A justiça é cega, mas o povo não é bobo

O desembargador Bernardo Garcez (foto) é corregedor-geral de Justiça do Rio de Janeiro. Ele integra a Turma Especial do Tribunal de Justiça do estado, que julgará o processo sobre o caso da “rachadinha”, cujo maior protagonista é Flávio Bolsonaro. Na última sexta-feira, o desembargador esteve com o pai do investigado, o presidente Jair Bolsonaro. Sem alarde, permaneceu com o presidente por duas horas, no Palácio do Planalto. Ao sair, flagrado no ato suspeito, tentou esconder-se da mídia nos intricados caminhos palacianos. Deve ter sido uma conversa bem “republicana”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *