Logo
Blog do PCO

A pressa de Janot em avançar nos processos da Lava Jato

Prestes a deixar a Procuradoria-geral da República, Rodrigo Janot (foto), parece não querer deixar nada para o seu sucessor em relação aos processos da Lava jato e mira a sua metralhadora giratória para o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional. O recado para o presidente Michel Temer foi enviado em forma de prisão, com a Polícia federal cumprindo ontem o mandato de prisão contra o ex-deputado Rocha Loures, aquele flagrado correndo com uma mala cheia de dinheiro. O ex-assessor de Temer teve o mandado de prisão assinado pelo ministro do STF, Edson Fachin. Mas se o objetivo de Janot é o de forçar a delação, o advogado de Rocha Loures, mandou avisar que o seu cliente ficará em silêncio. Rodrigo Janot deixa o cargo em setembro. Ele foi nomeado pela ex-presidente Dilma para o comando da Procuradoria em 2013.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *