Logo
Blog do PCO

Contra a terceirização, trabalhadores convocam para greve

Representantes de várias centrais sindicais conclamaram os trabalhadores para a greve geral contra a terceirização, no dia 29 de maio. A convocação foi feita na audiência pública da Comissão do Trabalho, da Previdência e da Ação Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Solicitada pelo deputado Rogério Correia (PT), a audiência foi acompanhada por dezenas de trabalhadores. A ampliação da possibilidade de terceirização de mão de obra nas empresas está prevista no Projeto de Lei aprovado na Câmara dos Deputados e agora tramitando no Senado, onde foi transformado em Projeto de Lei da Câmara (PLC) 30/15. Walter Aguiar, diretor do Sindicato dos Aeroviários de Minas Gerais, lamentou que a terceirização já ocorra em larga escala nos aeroportos brasileiros, e que esse fato esteja comprometendo a qualidade dos serviços e, mais ainda, a própria segurança nesses locais. Segundo ele, a malha aeroviária cresceu cerca de 30% nos últimos anos e as empresas aéreas, para atenderem a essa demanda maior, estão terceirizando cada vez mais. Para o juiz Bruno Alves Rodrigues (foto), presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho de Minas Gerais, a aprovação do PLC 30/15 não vai estimular a geração de empregos, como vêm argumentando os defensores do projeto. “Na verdade, o que já está ocorrendo é a exportação de subempregos para o Norte e o Nordeste do Brasil, e isso não pode ser comemorado”, afirmou. O deputado Rogério Correia lembrou que o projeto agora está no Senado e os trabalhadores ainda podem lutar contra a aprovação da matéria nessa casa legislativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *