Logo
Blog do PCO

Dória cobra insumos da China

O governador João Doria (foto) informou que o Instituto Butantã, que produz a vacina em parceria com o laboratório chinês Sinovac, renovou um pedido de agilidade para o envio dos insumos. Ao todo, o governo de São Paulo contratou 46 milhões de doses. O governo de São Paulo aguarda para a manhã desta quarta-feira uma resposta do governo da China sobre a liberação de mais insumos para a produção da vacina Coronavac. 

 Mandando seu recado

Doria também criticou o presidente Jair Bolsonaro pela afirmação de que são as Forças Armadas as responsáveis por decidir se um povo vive sob o regime democrático ou a ditadura militar. Nas redes sociais, o tucano declarou que Bolsonaro “volta a ameaçar a democracia do Brasil” e condenou o que chamou de tentativa de violação da Constituição Federal. “Como se não bastasse a incompetência generalizada do seu governo desastroso, Bolsonaro volta a ameaçar a democracia do Brasil. Sua índole autoritária tem o repúdio dos brasileiros de bem, que condenam sua tentativa de violar nossa Constituição. Cala-te Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *