Logo
Blog do PCO

Dúvidas em relação ao recurso prometido para o metrô de BH

O senador Carlos Viana (foto), PSD, quer anular o acordo entre a União e a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) que prevê que a empresa pague multa de R$ 1,2 bilhão ao governo federal com o recurso sendo utilizado nas obras do metrô. A destinação da multa chegou a ser anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. O problema detectado pelo parlamentar é que os pagamentos não estão sendo depositados em uma conta separada no BNDES como o previsto inicialmente, mas na conta única do Tesouro Nacional. Na prática, se o dinheiro cai direto no Tesouro, não há nenhuma garantia de que ele terá a destinação anunciada. Os ministérios da Infraestrutura e do Desenvolvimento Regional, assim como a Advocacia Geral da União disseram, no entanto, que não há descumprimento do acordo e que o governo federal vem estudando meios para especificar o projeto da Linha 2 do Metrô de Belo Horizonte como destino prioritário dos recursos do acordo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *