Logo
Blog do PCO

Inteligência para o mal

Quem conhece de perto o ex-deputado Eduardo Cunha (foto) sempre salientou a sua inteligência privilegiada. Quando deputado federal, mesmo antes de chegar à presidência da Câmara, já se dizia que ele era o parlamentar que mais conhecia o regimento da Casa. Com isso tinha uma autoconfiança como ninguém e não tinha limites em negociação que alcançava milhões de dólares. E não se fazia de rogado quando era classificado de brilhante, concordava, mas agora acrescenta: “sou, mas é justamente por isso que vim parar onde estou…”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *