Logo
Blog do PCO

Luislinda Valois sai do PSDB para continuar no governo, mas deve ser afastada assim mesmo

A ministra que queria ganhar um salário de R$ 60 mil, para cuidar dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, decidiu entregar o pedido de desfiliação do PSDB ontem. Ela estava sendo pressionada pelo partido a deixar o ministério, desde que os tucanos decidiram desembarcar do governo. Mas Luislinda (foto) conseguiu um jeito para continuar à frente da pasta. A estratégia, no entanto, pode não dar certo. Isso porque o presidente Michel Temer não esconde o constrangimento e incômodo de tê-la no governo e a saída dela do PSDB pode ser a desculpa que ele precisava para se livrar do problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *