Logo
Blog do PCO

O poder do Palácio da Liberdade

O governador Fernando Pimentel (foto) pôde constatar in loco o peso do Palácio da Liberdade no Legislativo mineiro. Ele foi recebido por praticamente toda a sua base política e até por alguns deputados da oposição, no salão nobre da Assembleia Legislativa, mas não quis saber de discursos ou afagos exagerados, preferindo conversar com um ou outro parlamentar ao pé do ouvido. Os que conseguiram se aproximar do governador pediram liberação de recursos para suas regiões e reclamaram das dificuldades encontradas em uma ou outra secretaria. Pimentel ouviu e tratou de encurtar a sua permanência no encontro. Mas aproveitou para agradecer o empenho dos deputados no primeiro semestre, que garantiu, segundo ele, resultados importantes para o executivo, com a aprovação de praticamente todos os projetos de interesse do governo. “Todos os projetos importantes e necessários para o Estado foram discutidos, debatidos e aprovados com as correções que a Casa entendeu que deveria fazer”, afirmou após o encontro. Antes do início do recesso parlamentar, Pimentel conseguiu a aprovação do projeto que permite o governo a usar recursos dos depósitos judiciais. Um acréscimo de R$ 6 bilhões nas contas do Estado. Para o segundo semestre, Pimentel avisou que pretende enviar um projeto para alterar a legislação ambiental, para segundo ele, simplificar os procedimentos adotados atualmente, que “são muito lentos” e algumas mudanças na legislação tributária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *