Logo
Blog do PCO

Partidos terão R$ 2,5 bilhões de recursos públicos para as campanhas eleitorais

O Fundo Partidário poderá ser usado como reforço do Fundo Eleitoral pelos partidos nessas eleições, segundo decisão do Tribunal Superior Eleitoral. Os ministros do TSE decidiram, ontem, por unanimidade, o uso do Fundo para financiar as campanhas. Os dois recursos são mantidos com recursos públicos, que totalizam R$ 2,5 bilhões de reais. O ministro Tarcísio Vieira entende que a utilização de parte do Fundo Partidário para o financiamento de campanhas eleitorais “se insere no exercício regular da autonomia partidária” e não caracteriza “desvio de finalidade nem abuso de poder econômico”. Pelo menos três pré-candidatos à presidência da República avisam que não pretendem usar os recursos dos Fundos Partidário e Eleitoral em suas campanhas: João Amoêdo (Novo) (foto), Flávio Rocha (PRB) e Jair Bolsonaro (PSL). Os três garantiram que não irão utilizar dinheiro público em suas campanhas eleitorais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *