Logo
Blog do PCO

Pimentel diz que eleição sem Lula é fraude

O silêncio do governador Fernando Pimentel (foto) em relação ao julgamento do recurso do ex-presidente Lula, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, foi quebrado ontem. Ele acompanhou todo o julgamento ao lado de Lula, no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo. Para Pimentel “eleição sem Lula é fraude. Nós vamos mostrar com nossa luta, que o Brasil precisa de Lula”. Os três desembargadores mantiveram a condenação do juiz Sérgio Moro e aumentaram a pena de prisão imposta ao ex-presidente para 12 anos e um mês por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex do Guarujá. O julgamento durou mais de oito horas e os desembargadores Victor dos Santos Laus e Leandro Paulsen seguiram o voto do relator João Pedro Gebran Neto. Lula disse que é inocente e uma vítima nesse processo. A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, assim que tomou conhecimento do resultado falou que o momento é de radicalizar.

 

Manifestações

Após o julgamento na TRF-4 alguns manifestantes soltaram foguetes e promoveram um buzinaço pelas ruas e avenidas de Belo Horizonte. As manifestações aconteceram em vários pontos da cidade.

  

Vox Populi faz pesquisa para avaliar o impacto da condenação de Lula

Com a confirmação da condenação e aumento da sentença de Lula, a Vox Populi imediatamente iniciou uma pesquisa pelo Facebook para saber do impacto da decisão sobre o eleitor. O internauta é convidado a responder um questionário em que se pergunta: Lula foi condenado pelo TRF-4! O que você acha disso? A primeira indagação é sobre a opinião do cidadão em relação ao resultado do julgamento para depois para saber se o internauta tinha conhecimento da denúncia, se considera que o TRF-4 agiu certo ou errado ao condenar Lula, se o Juiz Sergio Moro provou ou não que o apartamento tríplex do Guarujá era mesmo de Lula. A pesquisa pergunta ainda se Lula é tratado pela Justiça de maneira mais dura dos políticos como Temer e Aécio Neves, ou com o mesmo rigor. O instituto Vox Populi também questiona que “algumas pessoas dizem que Lula cometeu erros, mas fez muito mais coisas certas pelo povo brasileiro e pelo Brasil. Outras acham que ele errou muito mais que acertou. Com qual opinião você concorda mais? Com a primeira ou com a segunda?” E ainda: Em função de sua condenação pelo TRF-4, Lula está impedido de se candidatar a presidente em 2018. Independentemente de você votar ou não nele, na sua opinião, Lula deveria poder se candidatar a presidente na próxima eleição ou deveria ser impedido de se candidatar? E termina o questionário perguntando ao entrevistado se ele pudesse, se votaria no Lula. E tinha como alternativas: não votaria de jeito nenhum, poderia votar em Lula, votaria com certeza em Lula e não sei opinar. As respostas, com certeza, serão encaminhadas a Lula e ao PT. Hoje a direção nacional do PT se reúne para analisar os próximos passos políticos a serem seguidos e as consequências da condenação de Lula sobre as candidaturas da legenda.

 

Alckmin acredita que quem vai decidir sobre Lula é o eleitor

O governador Geraldo Alckmin usou a sua rede social para falar do resultado do julgamento do recurso do ex-presidente Lula na TRF-4, em Porto Alegre. Para ele, “talvez não termine hoje essa novela, porque cabe recurso, mas o importante não é se preocupar com adversário, é se preocupar com eleitor. Quem vai decidir a eleição é o povo”. E ao que tudo indica, Lula vai insistir na sua candidatura. Mas tem contra ele, além da sua condenação, o fato de que os seus principais escudeiros estarão preocupados também com as suas eleições e não terão tanto tempo para defendê-lo. O dinheiro para as eleições deste ano, estará mais escasso e Lula já percebeu que as vaquinhas não têm surtido efeito. Sem dinheiro, sem caravanas espetaculosas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *