Logo
Blog do PCO

Polícia Federal interroga Aécio Neves por quase três horas

Ouvido por quase três horas ontem na sede da Polícia Federal, em Brasília, o senador Aécio Neves (PSDB) entrou e saiu sem falar com a imprensa. O senador tucano foi ouvido no inquérito que apura se ele recebeu dinheiro das construtoras Andrade Gutierrez e Odebrecht para beneficiar as empresas na construção da usina de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia. Os advogados de Aécio (foto) divulgaram uma nota em que relatam que todos os esclarecimentos solicitados em inquérito que investiga as obras da usina de Santo Antônio, no Estado de Rondônia, foram feitos pelo senador. “Por se tratar de empreendimento conduzido pelo Governo Federal, ao qual, à época, o senador e seu partido faziam oposição, não há nada que o vincule às investigações em andamento. Os próprios delatores afirmaram em seus depoimentos que as contribuições feitas às campanhas do PSDB e do senador nunca estiveram vinculadas a qualquer contrapartida”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *