Logo
Blog do PCO

Teste de fidelidade

André Mendonça e Nunes Marques serão testados. Uma dança das cadeiras no Supremo Tribunal Federal abriu espaço para que mais um ministro aliado do presidente Jair Bolsonaro participe do julgamento do recurso em que o Ministério Público do Estado do Rio contesta o foro privilegiado do senador Flávio Bolsonaro no caso do “rachid”. A ministra Carmen Lúcia (foto) será transferida para a Primeira Turma da Corte, onde ocupará a vaga aberta graças à aposentadoria de Marco Aurélio Mello. Com essa movimentação a lealdade dos dois ministros ao presidente que os indicou poderá ser testada imediatamente. (Foto reprodução internet)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *