Logo
Blog do PCO

Traficante deveria ter permanecido preso

Responsável pela emenda que modificou artigos da legislação penal, usada pela defesa do traficante André do Rap para ser solto, o deputado federal Lafayette de Andrada, candidato à prefeitura de Belo Horizonte pelo Republicanos, afirmou ontem que a prisão do traficante “jamais poderia ter sido relaxada”. Ele explica que “a renovação da prisão preventiva é uma necessidade, uma vez que é temporária. No entanto, a periculosidade é um dos itens a serem analisados para manter a prisão preventiva e, por isso, no caso de André do Rap, a prisão jamais poderia ter sido relaxada”. Lafayette de Andrada (foto) entende que “o traficante André do Rap preenche todos os requisitos para permanecer preso, tendo em vista que ele representa um grande risco à nossa ordem pública. Um sujeito de alta periculosidade que deve ser punido veementemente pelo Estado e isso foi previsto no Pacote Anticrime.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *