Logo
Blog do PCO

Vergonha alheia

As más práticas dos nossos parlamentares não se limitam a corrupção e mais uma lista de crimes investigados pela Polícia Federal e Ministério Público Estadual. A falta de educação, respeito aos colegas, aos funcionários e ao eleitor mostram o despreparo de muitos em relação a atividade parlamentar. O deputado Cabo Júlio (MDB) (foto) que o diga. Ele ganhou as manchetes por chamar a deputada petista Maria do Rosário de vaca e dizer que ela devia calar a boca, devido a uma notícia falsa que circulava na internet. Cabo Júlio foi obrigado a pedir desculpas públicas à parlamentar ontem na tribuna da Assembleia Legislativa, por determinação do promotor Daniel de Oliveira Marad.

 

Postagem falsa

O desatino verbal do emedebista foi motivado após um assalto em São Paulo, onde um policial militar, que atuava como motorista de Uber, matou dois homens e um adolescente que tentaram assaltá-lo durante a corrida. A declaração falsa atribuída a petista dizia que se o PM não tivesse reagido somente uma família teria sofrido. “Hoje temos três famílias chorando em razão desse PM opressor. Caso ele não tivesse reagido, apenas uma família choraria. Assim o prejuízo seria menor para a sociedade”. Cabo Júlio reagiu e usou a tribuna da Assembleia Legislativa para destilar sua raiva: “Que pra falar uma bobeira dessa era melhor essa ‘vaca’ calar a boca. (…) Deputada Maria do Rosário do Rio Grande do Sul, enfie a sua língua onde você quiser, mas não fale esse tanto de bobagem não. Sua vaca”. Nossos representantes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *