Logo
Blog do PCO

Acúmulo de cargos gera prejuízo de R$ 408 milhões ao mês

No país da corrupção e do jeitinho, a cada dia aparece uma novidade. Os políticos e grandes corporações não são os únicos responsáveis pelo caos que acontece no país. O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Cláudio Terrão (foto), apresentou ontem um levantamento, onde foram detectadas situações gravíssimas, envolvendo 102,6 mil servidores, que acumulam irregularmente cargos, causando um prejuízo mensal de mais de R$ 480 milhões. A prática é proibida pela Constituição Federal, mas não impediu que servidores acumulem de dois até 10 cargos diferentes. Uma médica em Belo Horizonte, segundo o levantamento do TCE, mesmo aposentada, trabalha simultaneamente em seis órgão públicos, com uma carga horária semanal de 108 horas e uma remuneração que chega a quase R$ 48 mil. No levantamento foram detectados pagamentos a pelo menos 184 mortos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *