Logo
Blog do PCO

Cruzeiro lava a alma

Em 1968 eu era atleticano fanático até o dia o jogo no Mineirão em que o Atlético vencia o Cruzeiro de 3×0 e no segundo tempo o Cruzeiro empatou e se tivesse mais alguns minutos venceria. Fiquei anos e anos sem querer ouvir falar de futebol. E minha simpatia voltou-se para o Cruzeiro do qual tornei-me torcedor. No domingo passado o Atlético ganhou de 3×1 no Independência. Ontem fui ao Mineirão na certeza que o Cruzeiro daria o troco com 3×0 e seria o campeão mineiro. Bateu de 2×0 e tornou-se campeão. O primeiro gol foi de Arrascaeta aos 3 minutos do 1o. Tempo. A partir daí o Cruzeiro caiu mas recuperou-se no segundo tempo e Tiago Neves fez o 2o. gol para o nosso Cruzeiro ser nosso campeão. 

 

Sem conversa sobre futebol

O casal Ângela (ela é atleticana) (foto) e o presidente da Siamig, Mário Campos (cruzeirense doente) (foto) não conversam futebol em casa ainda mais depois de ontem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *